Rewind

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

sonho.

A manhã que nasce e a cor que volta
Ao corpo da cidade
Os teus olhos que abrem de novo
Enquanto a vida volta ao teu corpo
O silêncio e a alegria sonora
Do teu sorriso
O murmúrio dos lençóis
Como uma valsa
É a cidade que acorda
E nós começamos a sonhar.
RPM.
Enviar um comentário