Rewind

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

tu|

Teu sorriso é janela rasgada
E teus olhos são do mar a luz maior
Teu ventre é deliciosa escada
E teu peito uma noite de fulgor

Nossas mãos são versos trocados
E teus gritos prosa inquieta
Teus desejos são segredos guardados
E teu coração porta aberta

Teus cabelos são ondas beijando-me o pescoço
E tuas carícias são ferro ardendo no negrume
Meu corpo traz a pressa como um moço
Que no sangue tem da fome todo o lume

RM

Enviar um comentário