Rewind

quarta-feira, 29 de maio de 2013

demora|

É a vida quem se engana e se demora
E guarda o teu sorriso no bolso para o caminho
É a vida sem tempo a qualquer hora
Quando não estou sozinho

É a vida quem se esquece de correr
E guarda de teus olhos a luz para o caminho
É a vida sem pressa de morrer
Como uma andorinha dormindo no seu ninho

É a vida quem se esquece de acabar
E guarda de teus lábios a fome para o caminho
É a vida sem medo de abraçar
A infinita luz do teu carinho

RM
Enviar um comentário