Rewind

quarta-feira, 19 de março de 2014

é noite|

é noite nos meus olhos, meu amor
se a janela dos teus lábios se não abre
e não pode ver-se o mar aqui de dentro

é noite funda e sem regresso, meu amor 
se teus braços se não abrem devagar
como se fosse agora o tempo de morar contigo
o amanhã

é noite sem o pó das estrelas no silêncio, meu amor 
se tua pele não vem coser na minha carne
o sonho com doçura

é noite, meu amor
vem rápido, se puderes
e traz o dia

para juntos morarmos inteiros só na luz

RM 



Enviar um comentário