Rewind

quinta-feira, 6 de março de 2014

está tudo bem.

dizer-te que está tudo bem, Avó 
e esconder na noite o medo de que partas

dizer-te que está tudo bem
e ser ainda a criança que dorme no jardim perfumado do teu colo

dizer-te que está tudo bem
e roubar do infinito a medida da gratidão

dizer-te que está tudo bem
e amar o céu que se levanta no azul dos teus olhos vivos 

dizer-te que está tudo bem
e ir contigo pela mão ver o mar que dança ao longe

dizer-te que está tudo bem
e ter no peito uma planície inteira de sonho e saudade

dizer-te que está tudo bem
e decorar as linhas do mapa da tua pele

dizer-te que está tudo bem
que tudo sempre esteve bem
que estará sempre tudo bem

enquanto a manhã trouxer o perfume das flores
que deixei junto ao teu nome
no dia em que aprendi que o amor
é morada sem tecto e sem medida.

RM

Enviar um comentário