Rewind

quarta-feira, 5 de junho de 2013

contigo|

É com teus beijos que as horas param
E tudo é um rumor de lábios que se sentem
É com tua boca na minha que as palavras já não mentem
E vive a cinza de dois corpos que se amaram

É com teus dedos que se desatam os desejos
E tudo é uma ceara de fogo que se acende
É o teu corpo inteiro que se estende
Com a pólvora intensa de meus beijos

É com teu reflexo que a vida se suspende
E tudo é uma alameda de silêncio em que existes
É o teu olhar de infinito que me prende
Na noite funda em que persistes


RM
Enviar um comentário