Rewind

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

encontro|

Hei de encontrar-te numa rua de um Outono longo e calmo
E rir de imaginar que te agarras ainda ao lume do meu corpo

Hei de encontrar-te perdida na luz que se emudece
E bordar no teu peito a força de um vento inicial

Hei de encontrar-te com a força de uma maré que te dissesse
Que tudo era sombra de um amor que era real



RM
Enviar um comentário