Rewind

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

tu|

És toda do grito que na luz se levanta
E teu corpo é sombra de sonho e lume no dia que termina
É quando o meu peito te sente que se espanta
Como uma cidade que se ilumina

RM

Enviar um comentário