Rewind

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

tu|

A tua voz é um segredo escondido no vento
E é o mar que chega e me deixa na boca o teu sabor
O teu corpo é o manto escuro do firmamento
Em que se tece o encanto suave do amor

O teu ventre é uma carta escrita no pó do caminho
E é dos troncos altos que se avista o fundo do teu olhar
Os teus dedos são penas suaves beijando com carinho
E o meu peito abriga-se, enfim,  a repousar

A tua boca é um fruto fresco de um bosque de luz
E é da tua pele que nasce o perfume de todos os encantos
É teu o labirinto em flor que me seduz
E teu é também o mais belo dos cantos

O teu retrato é o horizonte maior imaginado
E teus cabelos são montanhas que pedem o céu
O meu coração é o mais feliz condenado
Por saber que um dia já foi teu

RM    
Enviar um comentário