Rewind

quinta-feira, 11 de abril de 2013

de ti|

Falo de ti quando me lembram teus olhos
E tudo quanto ouço são teus braços chegando devagar
No silêncio quieto uma tarde desmaiando
E teus olhos um céu onde se apague o dia
O meu corpo esquecido nas torrentes
De amor, de paz e poesia

RM
Enviar um comentário