Rewind

segunda-feira, 29 de abril de 2013

meus dedos|

Guia meus dedos dentro dos teus sonhos
E mostra-lhes que mundos vivem no sorriso
Com que todas as manhãs inauguras a vida
Guia meus dedos dentro do teu corpo
E estremece inteira como um fogo que agarre a noite
E levante alto um grito de eternidade sobre o escuro do mundo
Guia meus dedos dentro da tua boca
E mostra-lhes a poesia do recorte dos teus lábios
Com que mordes e invades a vida no caminho
Guia meus dedos dentro do teu contorno
E mostra-lhes que mar gigante chega no desejo
Quando meu corpo se afoga inteiro na espuma do teu ventre arrepiado

RM

Enviar um comentário