Rewind

segunda-feira, 22 de abril de 2013

lanço-te meus braços|

Lanço-te meus braços como uma rede ao mar
E espero teu corpo na areia da madrugada
Lanço-te meus braços como uma rede ao mar
E espero que meus dedos te agarrem a pele molhada
Lanço-te meus braços como uma rede ao mar
E espero que meus beijos tragam do fundo do teu peito
Todos os sonhos como um búzio contando segredos felizes
Lanço-te meus braços como uma rede ao mar
E espero que o meu amor seja jornada cumprida
E que com meu corpo serenes, sorrindo,
A vontade de seguir com o vento
No avesso das horas e da vida

RM
Enviar um comentário