Rewind

sábado, 27 de abril de 2013

quando alcanço teus olhos|

Quando alcanço teus olhos sei que cheguei
E a terra abre-se em flores de infinita luz
E a água cai em gotas finas de cristal
Quando alcanço teus olhos sei que cheguei
E as ruas são agasalho de multidão
Com as folhas do Outono como beijos perdidos
Quando alcanço teus olhos sei que cheguei
E nas janelas há sorrisos de fim de tarde
E nas lareiras lume quente que estala
Quando alcanço teus olhos sei que cheguei
E há um sol perdido no labirinto do jardim
Num namoro secreto e clandestino
Quando alcanço teus olhos sei que cheguei

E não há na alma cinza da partida
E tudo se encaixa como as raízes na terra fresca da noite que cai

RM 
Enviar um comentário